Onde comprar cosméticos em Buenos Aires

smdpoa e cosméticos 022
No último final de semana, fui ao primeiro encontro de blogueiras pa-panamericanas (piada interna) em Buenos Aires e meu objetivo era um só: comprar! Como já tinha ido com a Ane no começo do ano (publicamos dicas de compras, passeios, e comilanças, lembram?), já conhecia muita coisa, então dessa vez o negócio foi bancar a guia turística para as amigas e me jogar nas comprinhas.

Ficamos na região da Calle Florida, e como acredito que essa é a região escolhida pela maioria dos turistas brasileiros, essas dicas vão cair bem para a mulherada que pretende visitar a capital portenha em breve. E, sinceramente, se o seu objetivo é comprar cosméticos, você não tem porque sair dali. A Florida é repleta de lojas, para os mais diversos públicos, mas quem quer reforçar a necessaire vai estar no lugar certo.

A dica de ouro atende pelo nome de Farmacity. São várias filiais, então não tem como não se deparar com várias pelo caminho. A Farmacity é a versão argentina da nossa Panvel, uma farmácia com milhões de produtos que, beneficiados pelo câmbio, ficam com precinho de banana para nós. A rede tem marca própria (na última visita comprei um blush mineral por 14 pesos – 7 reais! – que amoooo), e várias outras marcas de maquiagem. Revlon, L’Oréal, Maybelline, Rimmel e outras, tudo com preços super camaradas. Achei várias barbadas por lá: shampoo e condicionador da TRESemmé de 900 ml por 25 pesos, e creme de tratamento por 17 pesos. Pó da Maybelline por inacreditáveis 11 pesos.  Sombra, lápis e rímel da mesma marca por menos de 20 pesos. Chapstick por menos de 10 pesos. Enfim, o paraíso.

smdpoa e cosméticos 026

Eu já tinha falado em outro post, mas vale repetir: para as viciadas em esmaltes, os removedores da Farmacity são um baita investimento. Custam pouco mais de 2 pesos e são maravilhosos, o esmalte sai rapidinho e o cheirinho é maravilhoso. É o melhor que já experimentei, sério.

Continuando… com preços tão competitivos quanto os da Farmacity, tem a Pigmento, que fica na esquina da Florida com a Corrientes. Não tem como não achar. A loja tem ainda mais marcas que a farmácia, e os preços são bem semelhantes. Lá comprei o balm da Agatha Ruiz de la Prada por 19 pesos. Mas tem que ficar de olho nas promoções: comprei os lenços demaquilantes da Nivea por 15 pesos, e depois que saí da loja descobri que se comprasse dois pagaria 11 pesos por cada um. Baita economia, né?

Outra baita dica para quem quer maquiagem é a Falabella. Em uma das lojas, existem stands de váááárias marcas de maquiagem, inclusive coisa rykah como Lâncome, Clinique e MAC. Mas achei os precinhos meio salgadinhos, bem semelhantes aos praticados por aqui. Em compensaão, na Falabella encontrei essa caixa cor de Sereia, que recebeu todas as minhas sombras e mais algumas coisinhas pela bagatela de 39 pesos! Menos de 20 reais!

Falando em MAC, ali na Florida, na Galerias Pacífico, também tem vários stands de maquiagem e uma loja MAC PRO! Pega um café na Starbucks, respira e se joga! Os preços, como eu já falei, são salgadinhos, mas têm produtos que só existem ali. O meu sonho de consumo, o Studio Fix, estava custando ali 220 pesos (R$ 110), mas acabei comprando no Free Shop do aeroporto de Ezeiza por US$ 26 (algo em torno de R$ 50).  Comprei batom também por US$ 14, e me arrependo amargamente de não ter me jogado com força na MAC, já que fui escolher outras coisas no Freeshop e tive que deixar tudo no caixa pra não perder o avião (maldita Gol que nos deixou hoooooras na fila do check-in). Tem bastante coisa no Freeshop, mas se você quer alguma coisa específica é melhor comprar antes para não correr o risco de ficar sem. Ou rola um problema no embarque, ou os produtos simplesmente acabam. É muita gente circulando por lá, então melhor não dar bobeira.

Mas, enfim, foi isso. Sou uma moça feliz. Sejam felizes em Buenos Aires também! Espero que tenham gostado das dicas, e boa viagem! Podem me convidar sempre, que vou sem pensar duas vezes!

Related Posts with Thumbnails
Categorias deste post: Maquiagem, Viagem